Não a Monica de Medeiros

Não a Monica de Medeiros

Minha experiência com a casa do consolador não foi das melhores

Estive lá uma única vez há poucos anos atrás em um evento, mal organizado, diga-se de passagem, pela revista UFO. Era um dia muito frio, A pré-inscrição era uma necessidade devido a limitação do espaço, mas, no dia, dezenas, de novas pessoas foram admitidas tornando o evento em uma confusão.

Muito recentemente, fuçando no Youtube, encontrei vídeos da Dra. Monica de Medeiros que é espírita com contato com extraterrestres desde os 5 anos.

Escolhi aleatoriamente um desse vídeos para assistir. O escolhido foi essa “live” sobre “Jesus – Maria – Extras – Tsunami”

Assisti inteiro. Perdi cerca de uma hora da minha vida.

Deus meu. Como alguém pode, sendo formadora de opinião, ser tão descuidada? Falar tantas inverdades, cometer tantos equívocos?

Senhora tem responsabilidade, inclusive espiritual, sobre o que fala.

Será que as entidades com as quais a Sra. tem contato são confiáveis ou mistificadoras? Será que é a Sra. que não os escuta e propala suas ideias sem ouvir as entidades mais elevadas?

Vamos a um resumo das suas incoerências

– Jesus não é um Logos. Ele é subordinado ao Logos do sistema solar. Logos não cuidam de planetas, cuidam de sistemas.

– Segundo o livro “A caminho da luz” transcrevo o trecho abaixo, Jesus não veio na primeira vez após a colisão de uma lua de NIBIRU com a Terra. Leia o trecho correto.

“A primeira, verificou-se quando o orbe terrestre se desprendia da nebulosa solar, a fim de que se lançassem, no Tempo e no Espaço, as balizas do nosso sistema cosmogônico e os pródromos da vida na matéria em ignição, do planeta, e a segunda, quando se decidia a vinda do Senhor à face da Terra, trazendo à família humana a lição imortal do seu Evangelho de amor e redenção.”

– Maria de fato foi abduzida e inseminada artificialmente. O fato de ser virgem não tem qualquer ligação conceitual ou espiritual.  Uma mulher virgem tem o ovários e útero intocados. Portanto mais propicio a inseminação. Lembre-se que Maria ao gestar Jesus deveria ter entre 14 e 15 anos. José Também era um espírito iluminado e preparado para a tarefa de orientar sua vida. Naquele tempo, os homens orientavam seus filhos. As mães apenas os alimentavam.

– Imaginar que Maria entra em depressão, contraria a excelsitude dela. Pura bobagem.

– Jesus não se comunica com colônias do terceiro umbral. Apenas com colônias mais elevadas e mensageiros dessas colônias repassam as colônias de menor vibração. Está muito claro no livro “Nosso Lar”.

– Jesus Não morreu na cruz como já foi confirmado historicamente, biblicamente e espiritualmente. Recomendo ler alguns livros de Geza Vermes, a maior autoridade sobre a civilização no século I. A bíblia corrobora o fato de que Jesus saiu vivo da cruz.

– A estocada da lança em seu flanco, drenou a água acumulada na pleura, embolia, permitindo a Jesus respirar.

– O líquido amargo dado a ele foi um dopante que o fez desfalecer.

– Três horas na cruz é muito pouco tempo para alguém falecer, notem o espanto de Pilatus quando José de Arimatéia pede o corpo de Jesus.

– Segundo joão 19:39 – “Ele trás uns 33 quilos de uma mistura cara de mirra e aloé”. Essa mistura era utilizada na época como desinfetante e cicatrizante. Porque um morto precisaria dessa mistura? Os mortos eram ungidos com óleos de aromas perfumados.

Desisti de perder meu tempo. Espero que tenha sido apenas um dia infeliz na rotina da Dra. Monica de Medeiros.

Seja mais cuidadosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *